José Dirceu, exclusivo: algumas observações sobre o método Moro

Em correspondência exclusiva para o Nocaute, da prisão de Curitiba José Dirceu aponta, um por um, os desmandos do juiz Sérgio Moro, que acaba de condenar o ex-ministro a onze anos e três meses de prisão. “Para me manter preso, Moro alega ameaça à ordem pública, de forma genérica, e que o produto do crime não foi recuperado, expondo mais uma de suas razões sem base nos fatos”, afirma Dirceu. E completa: “Estou sem renda há três anos. Todos os meus bens estão sequestrados, arrestados e — com exceção de dois — confiscados.”

Captura de Tela 2017-03-27 às 16.49.05

 

Na sentença da minha recente condenação — processo Apolo-Petrobras, na qual me sentenciou, por corrupção e lavagem, a onze anos e três meses de reclusão —, Moro afirma “permanece preso”. Estou preso há vinte meses, embora condenado em Primeira Instância. Logo, com direito a responder em liberdade, até pela decisão do STF de trânsito em julgado em Segunda Instância para execução da pena.

 

Moro não cita, mas ele renova minha prisão de 27/7/15, executada em 3/8/15, quando da minha condenação em 19/5/16, pelas mesmas razões e motivos, no processo Engevix-Petrobras, em que me condenou a vinte anos e dez meses. Diz que a referida prisão cautelar é instrumental para aquela ação penal!

 

Apresenta seus argumentos, relata que o pedido de Habeas Corpus foi rejeitado e mantida a prisão na 4ª Região do TRF e no STJ. No STJ, diz que o ministro Teori indeferiu o pedido de liminar, mas, como sabemos, não entrou no mérito. Nós agravamos, e o ministro Fachin, substituto de Teori, negou o HC considerando ter havido supressão de instâncias, o que nos levou a agravar na Segunda Turma. Assim, meu pedido de liberdade, no HC, ainda será votado.

 

Como os ministros Fachin e Toffoli têm rejeitado as razões para as prisões preventivas de réus — como exemplo, os casos de Alexandrino Alencar, Fernando Moura e Paulo Bernardo —, e os ministros Marco Aurélio e Gilmar Mendes também têm se manifestado na mesma direção, Moro se antecipa e, na sentença, apresenta seus argumentos: os mesmos da prisão em 3/8/15 e da condenação em 19/5/16.

 

É importante frisar — porque essa é a base do meu argumento —, que se trata da mesma prisão. Portanto, meu pedido de HC não suprime instância e não tenho que recomeçar a cada “nova prisão” decretada por Moro. No TRF, porque seria uma “chicana” de autoridade coatora para me manter 20 meses preso sem culpa formada em última instância, uma negação da presunção da inocência.

 

Para manter minha prisão em 19/5/16, ele alegou: riscos à ordem pública, gravidade dos crimes, prevenir reiteração deletiva. Apresenta como fato, e prova, que durante julgamento da AP 470, que durou de agosto de 2006 a julho de 2014, “persistiu recebendo propina de esquema criminoso da Petrobras”. E finaliza afirmando que nem minha condenação na AP 470 serviu para me impedir de continuar … “recebendo propinas!”.

 

Ora, minha condenação no processo Engevix-Petrobras não transitou em julgado, logo tenho a presunção da inocência, não a culpabilidade. Ou Moro já a revogou? Mas Moro vai mais longe. Diz que “o produto do crime não foi recuperado, há outras investigações em andamento e ainda não foi determinada a extensão de minhas atividades”!!!

 

Então Moro já me condena sem sequer ter me investigado? Ousa ainda mais. Diz que tenho papel central nos contratos da Petrobras e era considerado responsável pela nomeação do ex-diretor Renato Duque. Moro não tem uma prova sequer de que eu tinha “papel central” na Petrobras. Não existe nenhum empresário ou diretor da Petrobras à época que o afirme; não há um fato, uma licitação, um gerente, um funcionário, que justifique ou comprove tal disparate.

 

Mesmo assim, eu não obstruí a instrução penal e estou cumprindo a pena. Logo, não ameaço a execução penal. Estou preso há três anos. Isso mesmo, três anos. Fui preso por Moro estando preso na AP 470, na qual já fui indultado pelo STF.

 

Para me manter preso, Moro alega ameaça à ordem pública, de forma genérica, e que o produto do crime não foi recuperado, expondo mais uma de suas razões sem base nos fatos. Estou sem renda há três anos e todos os meus bens estão sequestrados e arrestados e — com exceção de dois — confiscados.

 

A questão central é que não há base legal para a manutenção da minha prisão preventiva, a não ser para comprovar o ditado de que “os fins justificam os meios”, mesmo violando a Constituição. Por saber da fragilidade de suas razões — a única “prova” que Moro tem contra mim é a palavra dos delatores Milton Pascovich e Julio Delgado —, o juiz apela para pré-julgamentos e acusações genéricas de olho na opinião pública, como instrumento de pressão sobre o STF.

 

Vários ministros da Corte têm decidido que a prisão preventiva é uma exceção, só adotada em último caso, e têm destacado a alternativa do artigo 319 do Código do Processo Penal, a prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica. Esses ministros não têm aceito razões genéricas sobre ameaça à ordem pública e econômica para a instrução e execução penal, sem fatos concretos, como argumento para manter as prisões preventivas. E muito menos o próprio crime e sua gravidade de que é acusado o investigado e/ou réu, razão para a pena e seus agravantes e não para a prisão preventiva. No meu caso, insisto, estou preso há vinte meses!

 

Todos os votos dos ministros são públicos e sinalizam como o “método Moro” traz um entendimento próprio e casuístico sobre a prisão preventiva. Para não falar inconstitucional. Daí o apelo do juiz “`a opinião pública”, seus artigos nos jornais, onde, na prática, ele confessa que as prisões visam as delações e são fundadas em razões, supostamente éticas, acima e fora da lei!

103 Comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

tita lage

14/04/2017 - 16h26

UMA ESQUERDA SEM ESPÍRITO.

Tudo aquilo que a direita tinha que defender que é a má distribuição de renda, os conceitos totalitários do Estado, o passado, a discriminação, o preconceito, o crime organizado, a evasão de divisas, a degeneração dos valores agora, a pretensa esquerda administra.
A idéia de que a social democracia é uma corrente de esquerda é arte maior (menor) do marketing político pra se apropriar de um discurso que só pode ser lastreado na materialidade das forças sociais organizadas enquanto tal. O arco socio-político que Lula e Cia se pretendem representar, nas tradições gramscianas exigem que as diferentes frações e categorias sociais estejam politicamente organizadas. Aí não se permite a pura e simples aglutinação em torno de um Conselho de Representes. A idéia não é de representar as frações sociais no aparelho de Estado e sim fazer com quer estas frações, mobilizadas, organizadas, expressando-se livremente unidas num patamar com o mínimo de homogeneidade pressione a máquina a uma verdadeira mudança no sentido de atender aos interesses da maioria da população.
É importante notar que tal qual apropriara-se do discurso de esquerda, a direita, priscas eras, apropriou-se do discurso e posteriormente até mesmo das ações sociais democratas.
A esperança é encarada como um postulado espiritual dependente das transcendências e não das imanências. Vindo por fortalecer aspectos culturais enraizados longa data no cenário brasileiro. A idéia de que: o que virá será dado pelos de cima. A espera que o monarca resolva. A espera que o caudilho resolva. A espera que o presidente resolva. A espera do Messias. O messianismo, a Igreja Universal do Reino de Deus. O Estado Universal do Reino de Deus.
O discurso fantasioso e espetacular da transcendência domina amplamente o contexto. Deus é freqüentador assíduo do discurso político. Assim como a desfaçatez, o descalabro, a heresia e o vilipêndio.
Para que esta postura espiritual (a esperança) adquira substância seria necessário que estivesse sendo construída na ação. Materializando-se aquilo que encontra-se no espírito.
Mágica, desde os primórdios; buscava as possibilidades de transformar as mais diversas aspirações em realidade, em matéria. A magica possuía um conteúdo de fé.
Mediante o fantasioso e o espetacular das idéias de transcendência messiânica e o mágico que e imanência pode representar, o libertário não vacila. Apesar de todos os modelos pre-estabelecidos ou concebidos, o Circo em verdade é caótico. Portanto… respeitável público: a mágica vai continuar.
Antônio Carlos de Alencar Sucupira, carioca, ácrata e livre pensador.

Publicado no Jornal O Cometa Itabirano em 5.1.2004

Responder

Marta

03/04/2017 - 19h20

Felizmente esta onda direitista não chegou no Equador! Viva! Acredito, e vamos lutar para que isso ocorra o mais breve, na libertação do companheiro José Dirceu! Força Zé!

Responder

Eduardo Mattedi Furquim Werneck

31/03/2017 - 00h15

Fernando Morais,
Sugiro fazer um livro de análise do discurso com base nos comentários aqui no Nocaute. De um modo geral aos argumentos estruturados se contrapõem raivosas repetições da “verdade” midiática. Tal diálogo impossível entre a razão e o ódio parece ser a pedra fundamental da onda que permitiu o golpe, os desmandos judiciais, a destruição da economia nacional e dos direitos sociais. Instaurou o ridículo ambiente político posto. Sugiro um título:
“O Bigode de Hitler” como aquele bigode que notamos hoje tão ridículo e risível, pôde ser símbolo de força, autoridade e esperança de um futuro melhor?
Tenho colhido fotos que mostram a estética do golpe político jurídico midiático… cafona e broxante…
Ah… força, Zé!!!

Responder

eliana

30/03/2017 - 21h42

Pelos comentários,o brasileiro faz jus da memória curta.Ah,povinho,só não esquece do samba e do futebol.O povo merece o o País que tem,infelizmente pagamos pelo zé povinho.

Responder

Roberto Miguel

30/03/2017 - 11h51

Preso político sem culpa e sem julgamento. Todo apoio e solidariedade a JOSÉ DIRCEU.

Responder

Roberto Miguel

30/03/2017 - 11h49

Liberdade imediata para JOSÉ DIRCEU!
Preso político sem culpa e sem julgamento

Responder

Samira de Castro

29/03/2017 - 09h35

Libertem José Dirceu!!

Responder

Francisco Cabreira

29/03/2017 - 08h44

Alguém que passou a vida toda lutando por uma ideologia, uma causa, assim que a conquistasse não poria tudo a perder, principalmente numa fase delicada de sua vida (isso é o que penso). Digam o que quiser, mas não me convencerão de que o trabalho apresentado por Moro é imparcial e que não usa a lei como instrumento de perseguição política, orientado principalmente pela mídia golpista. Utiliza a “condução coercitiva” como um instrumento comum de trabalho… estamos vivendo uma grave ameaça à ordem constitucional democrática, isto é uma violação escancarada ao Estado de Direito. E se esse judiciário estiver errado das suas “convicções”, quem irá reparar o erro cometido? Voltar atrás depois do massacre midiático, seria uma desmoralização sem precedentes da justiça brasileira e eles não farão isso. Para Moro as prisões espetaculosas, iluminadas por holofotes da grande mídia, reportadas e narradas a exaustão devem continuar, é isso que sustenta suas atitudes, se arbítrio, seu “estrelismo”.
Foi assim a prisão de José Dirceu e José Genoíno e assim serão muitas mais, um embuste judicial…

Responder

Jose

29/03/2017 - 07h32

A justiça tem lado.

Responder

Neuza

28/03/2017 - 23h29

Tem tanta gente de diversos partidos q foram delatado , com prova até cheque nominal e está aí livre tentando enganar a população. É ; depois querem q a gente acredita na seriedade do juiz Moro.

Responder

Maria Antonia Santos

28/03/2017 - 21h49

Moro é um criminoso de lesa pátria!!! Agente da CIA!! Liberdade para Zé Dirceu!!

Responder

Roberta

28/03/2017 - 20h13

Estou com tanta dó desses políticos malditos. Não só o Dirceu mais vários outros que deveriam passar o que nos trabalhadores estamos passando em tempos de crise. Por tanta roubalheira e cada vez mais os trabalhadores pagando mais e mais as contas dos cofres públicos que esses vagabundos roubaram e suas grandes famílias desfrutam dos roubos enquanto não temos saúde educação. E sem falar na aposentadoria.
E outra essas criaturas “trabalham” um mandato e já se aposentam e quem paga a aposentadoria gorda deles?
O miserável do trabalhador que luta sol a sol dia a dia.
E o miserável do trabalhador pra se aposentar e uma peleja e quando consegue recebe uma aposentadoria digna de fome.
Enquanto os políticos safados e corruptos roubam nossa dignidade e nada acontece.
Parabéns excelentíssimo Sérgio Moro.
Que mais vagabundos sejam presos e seus bens devolvidos a nação.

Responder

JOÃO PROTA

28/03/2017 - 20h05

A prisão de José Dirceu é a prova de que vivemos num regime de exceção. Mas a vida dá voltas e o preço cobrado pela omissão da OAB, do Poder Judiciário e da imprensa não tarda a chegar.

Responder

Elvis Presley

28/03/2017 - 19h40

Que morra na cadeia junto com lula, dilma e toda a corja criminosa. Quem apoia criminoso criminoso é.

Responder

DIMITRI

28/03/2017 - 17h49

Prezado Sr. Dirceu

Eu confio mais no juiz Sérgio Moro do que no senhor. O senhor, por razões ideológicas, teve a coragem de mentir para a sua própria companheira, alegando uma outra identidade, e agora vem com essas histórias? O senhor participou de um mega-esquema de corrupção para perpetuar um partido político e a sua causa ideológica no poder. Creio que o senhor não se locupletou somente por ganância, mas principalmente para “viabilizar o projeto”. O senhor achou que comprando os deputados e senadores (mensalão) e depois os empreiteiros e diretores da Petrobras (petrolão) iria fazer a revolução. A verdade é bem esta. É uma posição maquiavélica a do senhor: o “bom” é o que serve “à causa”, o ruim é o que é “contra a causa”. Nessa lógica, se a corrupção servir a manter e perpetuar um grupo no poder, um grupo que se auto-intitula “favorável aos pobres”, ela será “boa”. Ora, senhor! Estes não são os valores deste povo! Somos uma República Democrática, e não uma ditadura socialista. E o senhor está sendo julgado e está preso por cometer e reincidir abertamente em crimes contra a república e contra esta democracia, contra o povo brasileiro. Te sugiro ler e meditar o livro “Crime e castigo”, de Dostoievski. E a “Recordação da casa dos Mortos”. “Os demônios”, do mesmo autor também te faria bem. O melhor a fazer para se redimir perante a sociedade não é atacar o juiz, mas aceitar o fato que o senhor foi pego, e tentar pelo menos diminuir a pena, já que o senhor já é um homem idoso. Outra coisa que o senhor pode fazer é seguir o caminho do Marcelo Odebrecht e fazer uma delação premiada. Seria um serviço ao povo e à nação brasileira. Senhor José Dirceu, ainda há tempo de se redimir.

Atenciosamente,
Dimitri

Responder

    Laura

    28/03/2017 - 20h14

    Não posso de forma alguma acreditar no juiz que age e acusa de forma seletiva. Um juiz que frequenta ambientes festivos deixando-se fotografar de testa colega à de Aécio Neves, delatado várias vezes no processo Lava Jato. Um juiz que ignora as delacoes de alguns políticos. Ja’ há pessoas que sugerem perseguição doentia que sinaliza uma patologia ou algo muito pior.

    Francisco M Souza

    28/03/2017 - 20h20

    Dimitri, pela sua lenga-lenga, percebe-se um Bolsominion, menos, menos…

    Cleusa

    28/03/2017 - 21h05

    Patético. quá quá quá

    Guerson

    29/03/2017 - 02h13

    Sr. Dimitri, também tenho uma sugestão ao senhor: leia a Constituição Federal. Nela estão descritos todos os direitos e deveres de todos os cidadãos brasileiros e, ao fim da leitura, torna-se claro que a CF é, sim senhor, socialista. Me parece que escapa ao seu entender o significados da palavra democracia. Passe bem.

    Divino

    10/04/2017 - 18h53

    Perfeito seu texto, DIMITRI, perfeito!

Stefan Mantu

28/03/2017 - 17h16

A prisão de José Dirceu é escarradamente parte da tentativa de criminalizar o PT e amordaçar o principal dirigente e formulador teórico do Partido dos Trabalhadores. Mesmo tendo sido seu adversário político nos debates internos do PT, considero a atitude desse juizeco um monstruoso crime contra o nosso povo.
Me surpreende o silêncio conivente dos dirigente do PT, e em particular de Lula, sobre esse criminoso episódio.
Força companheiro !!!

Responder

Paulo Roberto Pinto.

28/03/2017 - 16h11

O poder judiciário não julga de maneira igual a todos. Sabemos que o poder judiciário é tendencioso e fere as leis e a constituição. Não se trata aqui de defender ideologias e partidos politicos. Embora membros de outros partidos que praticaram delitos se quer são chamados à raia dos trihunais, pois é gente protegida. Então combato sim esmte tipo de justiça e funcionários públicos que ferem sim é o estado de direitos e a constituição. A senhora símbolo da justiça é violentada constantemene por gente que se encastelou no poder judiciário para praticar injustiças. Repito trata-se de se defender o estado de direitos.

Responder

    ptralhas

    28/03/2017 - 17h24

    Voce esta ganhando quanto do PT para defender esse partido miseravel? Cancer do Brasil, o partido MAIS CORRUPTO do mundo, os unicos dois tipos que defendem PT sao doentes mentais ou quem sabe que o PT eh um lixo mas usa o PT como provedor de algum tipo de beneficio, geralmente financeiro para si proprio.

Delza Maria Frare Chamma

28/03/2017 - 15h48

Até quando serão acobertadas pela Suprema Corte, (que se bandeou para o golpe) e pela sociedade Civil Organizada deste país os desmandos do justiceiro Moro?
A revolta pelo desrespeito à Constituição e ao Estado Democrático de Direito turva nossa voz e nos impede de acreditar neste país e atual “republiqueta” pós-golpe de Estado 2016.

José Dirceu é inocente e eles sabem bem disso. Sua prisão foi o início do golpe que DESMONTA HOJE O BRASIL. NÃO HOUVE RESISTÊNCIA E SIM A MAIS ABSURDA E COMPLETA OMISSÃO E HOJE SOFREMOS TODOS A CONSEQUÊNCIA.

Responder

Rodrigo Medeiros da Silva

28/03/2017 - 15h34

Penso que as decisões do juiz Moro, particularmente as que decretam as prisões processuais, são eivadas de ilegalidade. Fica clara a sua intenção de dissuadir o preso a delatar. O caso clássico é de Marcelo Odebrecht. Preso desde meados de 2015, viu que a delação premiada era o caminho para uma possível liberdade. Outra aberração deste magistrado é a condução coercitiva. O CPP é claro que a condução coercitiva deve ser medida tomada após intimação e recusa da testemunha ou acusado. Vivemos tempos sombrios.

Responder

saul athayde

28/03/2017 - 15h31

Caro Senhor.
Se o mundo for justo, o Sr. tem que acabar os dias na prisão.
Não foi homem para aprontar? Agora garanta as consequências, deixe de mi,mi,mi.

Responder

    Francisco M Souza

    28/03/2017 - 20h25

    Caro Saul, vai ouvir plim-plim e não enche o saco.

Antonio

28/03/2017 - 15h29

Depois que uma ministra do STF, Carmen Lúcia, em voto público fala em alto e bom som, que não havia fato que comprovasse o crime, mas votava pela condenação, porque o a magistratura lhe permitia, tenho a impressão que o STF virou um prostíbulo, sabendo que hoje essa mesma ministra preside esse mesmo STF, logo ela, que prostituiu a lei em poucas palavras? Ela agora, como presidente virou cafetã do prostíbulo chamado STF, a putaria está em prática, o Moro se aproveita da libertinagem para fazer a suruba, nessa orgia, e promiscuidade, que não for parte, será vitima.

Responder

    Laura

    28/03/2017 - 20h22

    A mesma ministra, que agora covardemente, vai deixar a presidência do STF. Problemas de consciência? Fez tanto mal ao Dirceu ao dizer que não tinha provas contra ele, mas a literatura permitia a condenação. É agora, convivendo com os atuais políticos, sua consciência não está permitindo sua atuação. Quem sabe o sofrimento sr ter condenado injustamente alguém extremamente mais digno que todo esse atual bando que está destruindo tudo é a todos!

    Ana Costa

    28/03/2017 - 20h24

    Não foi a Carmem Lúcia, foi Rosa Weber.

    Cláudia Stefani

    29/03/2017 - 12h03

    Foi a Rosa Weber.

    maria meneses

    30/03/2017 - 21h56

    Não foi a ministra Carmen Lúcia que condenou JD com a cínica e leviana frase”não tenho prova contra JD mas o condeno porque a literatura jurídica me permite” -mais ou menos isso- foi a ministra Rosa Weber. frase essa que lhe foi sugerida por Moro que na época era seu assistente, dizem. Agora todos nós que seguimos a farsa da Ap 470 sabemos que essa peça teatral encenada para todos os cidadãos brasileiros – para nos enganar, só enganou os mais alienados , os que assistiram parcialmente, os que viram o que a mídia quis mostrar. O s mais politizados e atentos, puderam se arrepiar diante da verborragia dos togados num espetáculo estarrecedor de atropelo a toda e qualquer dignidade que esperávamos de “nossos” representantes da Justiça. O único aspecto positivo dessa grande farsa foi que as máscaras caíram. Alguns dos ministros tentaram manter a decência o quanto pode, outros não. Pegaram um caminho e agora não sabem retornar, ou não podem retornar. Creio que para eles a situação deve ser embaraçosa e vergonhosa,não sei., imagino. Estou ao seu lado companheiro Dirceu. Grande abraço.

Andre

28/03/2017 - 15h13

Alguém avisa o Dirceu que em Varginha-MG existe uma detenta que está a seis anos presa por furtar um chiclete e um desodorante, ainda mais ele, Mensalão, Petrolão e persistência em cometer crimes mesmo sendo réu.

Responder

    Francisco M Souza

    28/03/2017 - 20h27

    Nenhum crime foi comprovado, só o que existe é CONVICÇÃO.

Paulo Ribeiro

28/03/2017 - 14h39

Emocionante o relato de Jose Dirceu, um homem que sempre manteve um padrão humilde de vida e cuja unica missão foi lutar pelo povo brasileiro. Tenho confiança na justiça divina e ainda sonho em ver Jose Dirceu livre, percorrendo o Brasil com sua mensagem de esperança.

Responder

    ptralhas

    28/03/2017 - 17h27

    Cara nao faz esse tipo de brincadeira pois tem muita gente que nao vai entender o sarcasmo e vao achar que esse ladrao eh inocente.

    Roberta

    28/03/2017 - 19h58

    Kkkkkk. Coitadinho do excelentíssimo José Dirceu. Tô morrendo de dó dele.

João

28/03/2017 - 13h32

Acho pouco, que apodreça atrás das grades, verme imundo!

Responder

    Francisco M Souza

    28/03/2017 - 20h33

    Vc é burro cara, vai ver a plim-plim.

Armando Pinto

28/03/2017 - 13h15

Zé Dirceu não esta dizendo que é inocente, esta apenas reclamando que existem janelas na Lei, que foi impedido de usar. kkkkkkkkkk….. Nunca mais Zé Dirceu vai voltar a andar nas ruas, para fazer as maracutaias que estava acostumado. Consultorias? kkkkkkkkk…… de que? Zé Dirceu nunca trabalhou, qual o currículo desse cara?

Responder

    Francisco M Souza

    28/03/2017 - 20h35

    Não tem o que fazer, vai pra plim-plim ver BBB é no seu nível.

Laura

28/03/2017 - 13h09

Receba minha admiração, Dirceu. Você é um preso político! Que os homens de bem desse país, consigam exterminar o obscurantismo que torna a justiça cega! FORÇA DIRCEU !!!

Responder

NILCE NUNES LIMA

28/03/2017 - 13h07

Delaçoes que apontam Aécio e Serra, por exemplo, ñ são sequer levadas em conta! Pq justamente essa contra Dirceu essa ação sem provas é utilizada pra mantê-lo todo esse tempo preso?Quem poderá fazer pressão pra q seja investigado o porquê dessa prisão mesmo sem provas? Somos reféns de uma mídia q funciona mto bem como instrumento de um sistema
jurídico corrupto e por isso mesmo parcial!!! #SoltemZeDirceu

Responder

Francisco A. Camargo

28/03/2017 - 12h58

Aguardando moderação? Ou censura?

Responder

Francisco A. Camargo

28/03/2017 - 12h54

Como assim, investigar? O senhor já foi mais do que investigado, acionado, julgado e condenado mais de uma vez. Só da última vez, que me lembre, pegou 11 anos, por fatos acontecidos enquanto corria o julgamento do mensalão. Vamos combinar, falta-lhe muita vergonha na cara. E depois ainda quer pagar de patriota, Salvador da pátria. Você é um ladrãozinho de galinhas bem mequetrefe que se lambuzou quando acho que tinha se dado bem. Você deve apodrecer na cadeia, Zé…

Resumindo, Zé Dirceu, você se deu mal… muito mal… mal mesmo de verdade.

Responder

marcelo

28/03/2017 - 12h43

Aguenta Dirceu, que em 2100 você sairá da cadeia. Acho pouco mas sairá!

Responder

Hugo

28/03/2017 - 12h39

Acho q esse Dirceu e um ator de primeira sem escrúpulos cara de pau ladrão

Responder

Thiago

28/03/2017 - 12h18

Bom, espero que o senhor continue indevida ou devidamente preso! e que esse castigo por ter traido seu povo a favor de um partido não se repita.
O povo brasileiro se sente feliz com o Moro.

Responder

Marcio Amaro

28/03/2017 - 11h45

Coitadinho… Tá preso é? Eu não! Mas também, nunca roubei nada. Deve ter alguma coisa a ver.
Foi indultado pelos membros da quadrilha… Quer ser indultado de novo? Teu próximo kmento de liberdade será no inferno, no colo do capeta!

Responder

José Carlos da Silva

28/03/2017 - 11h42

Chupa que é de uva!!!!

Responder

osvaldo andradina

28/03/2017 - 11h33

Que BLA BLA BLA ..
Dirceu voce nao tem direito a presunção de inocência..
voce é reincidente..
voce é problema desde sempre ..
nem sua mulher sabia quem voce era..
fica por ai .. breve Lula ta ai contigo garotinho..
vida longa a voces ai ..

Responder

Efraim Francisco dos santos

28/03/2017 - 11h17

Aonde mais se pode recorrer disso tudo. Não seria o caso de apelar também para a OEA e outros organismo internacionais? O golpe político dado no brasi ano passado foi parlamentar e judicial, ou seja, o judiciário apoiou e monitor ou o golpe alegando tratar-se de questão puramente política. Desde quando as afirmações falsas de descumprimento de lei é questão puramente política? Você foi o principal ministro do Lula, penso que nao terá amparo do judiciário brasileiro em qq instância. É preciso buscar outras alternativas.

Responder

BRK

28/03/2017 - 10h56

É Zé, o problema não é a ‘ordem pública”, o problema é que fora da prisão ele não te controla e ele quer controlar todos os que ele achar conveniente aos interesses dele. E isso ele só faz se tiver perto dele.
PS: Você é advogado, exímio conhecedor do sistema socialista e comunista, por isso lê, conhece leis, conhece escritores diversos em diversas línguas, em diversas partes do mundo e de diversas teorias, já esse cara aí, malémá deve ter feito um curso de direito por correspondência. Não interessa a ele essa porcaria de constituição, não interessa a ele essa porcaria de lei, não interessa a ele essa porcaria de justiça, não interessa a ele essa porcaria de coisa nenhuma que não seja o que interessa a ele. Ele é a lei, ele é a justiça, ele é a constituição (dele, claro, e dos que o veneram). Estamos perdidos no mato e, ao que me parece, sem cachorro. É dose!

Responder

Anabi Resende Filho

28/03/2017 - 10h39

Uai, Zé, ademais tô sentindo falta de seu nome nas mais de 100 delações Odebrecht/ AG/OAS, etc. Como pode alguém ser preso por corrupção e não ser nem uma vez delatado e nem por delação premiada? Nem você nem o Genoíno. Socorro! Cadê a justiça?

Responder

Doris Gibson

28/03/2017 - 10h36

LIBERDADE PARA DIRCEU, JÁ!

Responder

Nereu Tomazinho

28/03/2017 - 09h56

O cara estava preso em Brasilia, e mesmo assim continuava cometendo vários crimes.
Agora vem e diz que o Moro esta errado.
Zé Dirceu…. você não só está no lugar certo…. como deveriam jogar a chave fora e nunca mais sair.
Você acha mesmo que o Moro te condenou sem nada, sem provas?
Deve ter muita coisa contra você. E você sabe de tudo isso…. conhece todas as provas de seus crimes.
Mas a ladainha é sempre essa… sou inocente… não cometi nenhum crime.
Mas você não engana mais ninguém…. como nenhum criminoso de Brasília engana. Não importa de qual partido…. todos merecem e devem estar onde você está, atrás das grades. O próximo a ir prá cadeia é Lula… o teu chefe. Para esse eu já tenho duas caixas de rojões… prontos para estourar.
Você engana alguns…. não a maioria…. e Fernando…. não defende não…. você conhece seu amigo. E sabe do que ele é capaz.

Responder

    Ana Costa

    28/03/2017 - 20h29

    Zé Dirceu não “acha” que foi condenado sem provas. Ele sabe que foi condenado sem provas. Segundo você, que não tem acesso ao processo, deve ter muitas provas. Acontece que Zé Dirceu e sua defesa conhecem o processo e sabem que não há nada concreto lá.

Carmem Porto

28/03/2017 - 09h45

Por enquanto ele pode criar e usar uma justiça de exceção. Veremos o que acontecerá num futuro próximo quando não mais servir aos patrões.
O mais grave é a abertura de um precedente autoritário que pode atingir a qualquer brasileiro ou brasileira, a qualquer tempo, sob qualquer pretexto.

Responder

Messias Franca de Macedo

28/03/2017 - 09h30

… Mais um insuspeito jurista, Cláudio Lembo…

***

Cláudio Lembo abre crítica pesada ao STF
A exemplo de Ives Gandra, o também advogado e professor Cláudio Lembo – ex-governador e aliado tucano -, faz pesada crítica ao STF sobre a conduta do tribunal no julgamento da AP 470
Na esteira do jurista Ives Gandra, prócer do conservadorismo político e um dos advogados mais respeitados do país, chegou a vez do também advogado e professor Cláudio Lembo, ex-governador de São Paulo e um dos principais aliados do candidato derrotado nas últimas eleições presidenciais José Serra, abrir uma pesada crítica ao “julgamento medieval” da Ação Penal 470, na Suprema Corte de Justiça do país.
Em artigo publicado nesta semana em Terra Magazine, Lembo segue na linha de que o ex-ministro José Dirceu foi condenado sem provas. Leia o artigo abaixo.

O mensalão e a democracia
Por jurista Cláudio Lembo
26/09/2013

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/09/claudio-lembo-abre-critica-pesada-stf.html

Responder

Hamilton Alvarenga

28/03/2017 - 09h26

Caro, admiro seus livros. A qualidade da maioria é inegável e aproxima a grande massa leitora. Entretanto, dar voz a pessoas como este senhor (José Dirceu) acaba com qualquer chance de manutenção da credibilidade, salvo o grupo de seguidores. Abraço!

Responder

Messias Franca de Macedo

28/03/2017 - 09h25

Prezado e consciente GFS,
de modo análogo ao que aconteceu no julgamento de exceção do Mentirão do ‘joaquim Mossack Fonseca Ostracismo barbosinha’, o juizeco de piso de quinta ‘mor(t)o’ repete o seletivo e criminoso “domínio do fato”!…
Com a palavra o insuspeito jurista Ives Gandra Martins:
“Do ponto de vista jurídico, eu não aceito a teoria do domínio do fato. A teoria que sempre prevaleceu no Supremo foi a do na dúvida pró-réu”

***

Ives Gandra: José Dirceu foi condenado sem provas

22 de setembro de 2013

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.viomundo.com.br/politica/ives-gandra-jose-dirceu-foi-condenado-sem-provas.html

Responder

Jaldete Abranches Silva

28/03/2017 - 09h04

Soltem José Dirceu, não existem provas concretas contra ele.

Responder

    ptralhas

    28/03/2017 - 17h31

    isso soltem o petralha e deixem-o ir ate a casa dessa pessoa muito inteligente que o defende a fim de tomar conta de suas financas. De-lhe sua senha da conta corrente, e confie que suas financas irao se multiplicar pois ele eh extremamente honesto e gosta muito do povo (SO QUE NAO)

Olavo Rohde

28/03/2017 - 08h56

Prisão perpétua para José Pilantra Dirceu é pouco ! Porque desde que nasceu só fez aprontar contra o Brasil.

Responder

Antonio Rodrigues

28/03/2017 - 08h51

José Dirceu é um preso político, todos sabemos disso. O Poder Judiciário transformou-se em instrumento político-partidário, ninguém está a salvo. Os que não se compadecem da situação vivida por Dirceu e não cerram fileiras na defesa da legalidade estão a cavar com seus pés o abismo do estado de exceção permanente. Pela omissão e covardia, logo terão de saciar a fome crescente dos agentes da opressão com suas próprias carnes.

Responder

Eunice

28/03/2017 - 08h45

Por que José Dirceu foi abonado pela eqsuerda e pelo PT? Já passou da hora de fazerem alguma coisa. Fico indignada pelo o que foi feito ao Jose Dirceu e ao José Genoín. O PT tem a obrigação de lutar por eles. É imperdoável esse silêncio.

Responder

Messias Franca de Macedo

28/03/2017 - 08h41

… É inacreditável:
já passou da hora de o PT e as demais forças progressistas e democráticas deste país encamparem um movimento no sentido de denunciar a existência de *presos perpétuos políticos em nossas plagas devastadas por uma infame casta burocrática e antinacionalista a serviço sórdido da plutocracia genocida.
Uma campanha denunciando ao Brasil e ao restante do mundo a nossa contemporânea pré-Idade Média festiva!
Comunicados dirigidos à ONU, à OEA, ao Vaticano, às agências noticiosas internacionais, às instituições mundiais relacionadas aos Direitos Humanos e à democracia!
Ou sejamos todos covardes cúmplices dessa infâmia!

*José Dirceu, João Vaccari Neto, Antonio Palocci, Henrique Pizzolato.
A propósito, o Delúbio Soares também está em prisão perpétua condenado sem provas?

Responder

Thereza Pitta Fernandes

28/03/2017 - 06h45

É IMPRESSIONANTE COMO O STF DEIXA QUE ESSE JUIZ DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SE SOBREPONHA ÀS LEIS, À CONSTITUIÇÃO E FAÇA O QUE BEM ENTENDA. ERA O CASO DE PUNI-LO COM A PERDA DO CARGO. ELE ESTÁ ANARQUIZANDO O PAÍS.

Responder

Augusta Santos Antunes de Oliveira

28/03/2017 - 06h33

Lamentável o que ocorre com o Dirceu. Essa decisões do Juiz Moro é resultado do ódio que tem pelo Partido dos Trabalhadores e a causa desse ódio todo é meramente ideológica que faz dele um ser pequeno que não consegue ver além daquilo que deseja enxergar. Já não consegue esconder sua ligação com o PSDB podre e vingativo. Representa, como Juiz, o que é mais abominável e golpeia, de morte, a essência da Justiça, a imparcialidade e a equidade. Faço, porém, uma profecia sua
Vaidade vai ao chão. Amém!

Responder

Duarte

28/03/2017 - 05h23

Merece pena de morte ladrão, bandido, agora falta o chefe de quadrilha.

Responder

    Maria de Fatima Formiga Ramos

    28/03/2017 - 22h16

    O chefe da quadrilha é sua mãe que colocou junto com seu pai VOCÊ, o infame e fora de lei. Seja justo! Ame o Brasil!

Alan Silva

28/03/2017 - 02h40

Ok, S Moro realmente comete excessos e precisa ser enquadrado mas a vida pregressa de J Dirceu nåo deixa espaço para abrandamento.

Responder

Anderson ,Felix

28/03/2017 - 01h35

Sendo os argumentos de Dirceu procedentes, penso duas coisas: 1. Como o preso se sente sem cometer crime (alto grau de injustiça); 2. Qual a pena para um juiz que comete um crime desses? … mas aí é ter de procurar a justiça, algo que exige mais do que o espírito de porco ora reinante. O que me leva à conclusão: como foi que chegamos a esse ponto?

Responder

Miguel Rodrigues

28/03/2017 - 00h34

Perfeito, o desmascaramento das ações desse Juiz!

Responder

Cecilia Carmen Pereira Novaes

28/03/2017 - 00h13

E de dar pena o nível em que nosso pais se encontra. Um débil mental revestido do poder do Estado, entrincheirado atrás de uma toga conferida pelo Estado,cometendo absurdos jurídicos que aviltam o Estado,e sem que o Estado consiga deter este maluco. Espero que esta nova análise de HC, seja bem feita e os ministros que irão julgar, sejam acometidos de espírito de Justiça, e não continuem violando a lei.

Responder

Ademir Coelho Garcia

27/03/2017 - 23h43

O juiz pensa que é semi-deus. Mas diz o ditado popular: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”. Um dia este castelo de areia do semi-deus vai cair. Aí vamos vê como ficará. Ponto final!@;@

Responder

Erik Bouzan

27/03/2017 - 23h06

Libertem Ze Dirceu!!

Responder

EDILBERTO PIRES

27/03/2017 - 23h04

Enquanto isso, os verdadeiros corruptos e corruptores peba verdadeiros: soltos leves e livres.
Sou muito mais ZD que propriamente, os psdbs, e os golpistas nacionais a serviço o EUA,uma praga, epidemiológica cancerígeno. PT NELES.

Responder

Flaldemir

27/03/2017 - 22h34

É de causar revolta a forma como o Juiz Moro está conduzindo arbitráriamemte a operação lava a jato. Não há justificativa para manter José Dirceu preso. Moro hoje ao arrepio da lei, ele é um justiceiro e não um juiz…

Responder

Sandra Rodrigues Cabral

27/03/2017 - 22h30

esse q se diz juiz não passa de um ególatra, esquizofrênico, malvado e me faltam adjetivos pra expressar minha indignação com tanta injustiça! Tá muito difícil!!!

Responder

luzete pereira

27/03/2017 - 22h25

sinto uma dor imensa na alma, ao ver esta coisa que me recuso a chamar de justiça, que sacrifica um homem para alimentar a vaidade de um juiz. juiz?!

Responder

Sírio Belmeni

27/03/2017 - 22h18

Aqui uma leitura obrigatória e esclarecedora sobre método, intento e parcialidade desse momento pré fascista que nosso país atravessa.

Responder

Rosely

27/03/2017 - 21h55

Esse parágrafo está repetido:

“Para me manter preso, Moro alega ameaça à ordem pública, de forma genérica, e que o produto do crime não foi recuperado, expondo mais uma de suas razões sem base nos fatos. Estou sem renda há três anos e todos os meus bens estão sequestrados e arrestados e — com exceção de dois — confiscados.”

Responder

ana maria de oliveira

27/03/2017 - 21h51

Como um ser tão despreparado serviu para perseguir e desestruturar a esquerda brasileira e suas principais lideranças. Lamento muito tudo que aconteceu e acontece com o Ze Dirceu. Assim como eu, milhares de pessoas. Ainda creio em reversão total. O Brasil sairá desse inferno!

Responder

TIAGO MAXIMILIANO BEVILAQUA

27/03/2017 - 21h31

Estou convencido que Moro tem sérios problemas com a prisão do Dirceu, mas no geral o texto está pouco claro e logo a defesa de Dirceu prejudicada.

Responder

Alex

27/03/2017 - 21h11

dia 3 de Maio vamos pedir a liberdade do Dirceu

Responder

luis.a

27/03/2017 - 20h35

caceta, solta o cara, moro, tá ridículo demais.

Responder

Teresinha

27/03/2017 - 20h24

Zé, os humilhados serão exaltados! a justiça de Deus não falha! Força, coragem! estamos orando…confie em Deus e verá!

Responder

NANCY

27/03/2017 - 20h10

QUANDO O SENHOR E O BANDIDO ASSASSINO LULA LADRÃO DA SILVA, ASSASSINO CELSO DANIEL, ASSASSINARAM CELSO DANIEL VOCÊS DA QUADRILHA NÃO TIVERAM PENA DO CELSO DANIEL E DA FAMÍLIA DELE.

Responder

Nonato Menezes

27/03/2017 - 19h47

Será se um dia esse Juiz não responderá por tantas arbitrariedades? Para ele a Constituição não existe. O STF é irrelevante. Segunda Instância não conta. Por que demoras tanto, Revolução?

Responder

kilbert

27/03/2017 - 19h30

Com todo respeito, eu quero mais é que você se foda!! Canalha!!

Responder

Rodolfo Araújo de Moraes Filho

27/03/2017 - 19h30

Força Zé. Em breve estarás solto. A tirania tem prazo de validade.

E o daqui está vencido. Cairão logo, logo. E a injusta pena que te impuseram, revista.

Responder

JULIO CALASSO JUNIOR

27/03/2017 - 19h22

Zé, desde 2005 quando começou essa perseguição institucional ao nosso partido todas as prisões são/foram frutos mórbidos desta monstruosa farsa; doe muito e bastante pelo peso simbólico com que se instrumentalizaram é a tua e a do Zé Genoíno. Canalhas, mentirosos, covardes.

Responder

Sandra

27/03/2017 - 18h57

É um absurdo o que esse juiz consegue fazer violando todas as leis e mantendo presos por anos pessoas que não foram julgadas, mas que mesmo assim ele condenou à prisão perpétua. É fascista e cruel, e representa uma ameaça à qualquer sociedade civilizada.

Responder

waterloo assis

27/03/2017 - 18h51

apenas registrei o meu livre pensamento baseado nos dados de domínio público

Responder

waterloo assis

27/03/2017 - 18h49

O Alexandre Moraes do PSDB, indicado pelo Temer, é o novo ministro do STF desde a última quarta feira vai comandar a gestão da “Lava Jato’..coitado do Zé Dirceu…

Responder

    waterloo assis

    27/03/2017 - 18h53

    não sei qual o critério de ‘julgamento, apenas registrei a livre opinião baseado nos dados publicos e notórios..pensei!

Cleusa Elena do Nascimento

27/03/2017 - 18h45

Juiz sem lei!
Amigo de Yusef a longa data.

Responder

Omar Luz

27/03/2017 - 18h22

E o Mineirinho continua solto. E o Primo também.

Responder

vanda roza de oliveira

27/03/2017 - 18h13

Eu sou leiga em direito jurídico, como pode um juiz manter alguém preso com falta de provas,como pode conjecturar em suas suposições que o réu possa trazer algum perigo para atrapalhar um processo que não dispõe de nada que sugira que José Dirceu vá interferir nas investigações,vez que,tudo já foi apurado.Esse Judiciário conivente com essas arbitrariedades é o que causa revolta em quem pensa que um juiz está para garantir a justiça,não ao contrário,fazer com que suas suposições sejam levadas ao ponto de manter uma pessoa inocente presa.

Responder

Ana S.

27/03/2017 - 17h55

Moro tem dois pesos e duas medidas. Por causa disso perdeu credibilidade e a oportunidade de fazer uma faxina no Brasil. José Dirceu, filie-se ao PSDB e vc será libertado.

Responder

IVALTO ALVES

27/03/2017 - 17h28

Pela libertação imediata de Jose Dirceu!

Responder

Claudionor Damasceno

27/03/2017 - 17h15

a ilegalidade desse juiz é o roteiro do golpe que está em curso à serviço dos gringos. Para sobreviver a isso, o Brasil precisa derrotar esse Silvério dos Reis, com urgência!

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas