Brasil

Justiça do PR fixa multa diária de R$ 500 mil para acampamento em Curitiba

O Tribunal de Justiça do Paraná determinou que os manifestantes acampados nos arredores da sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso, devem pagar multa diária de R$ 500 mil, caso não cumpram ordem judicial de deixar a área. A decisão foi proferida ontem (13) pelo juiz substituto da 3ª Vara da Fazenda Pública, Jailton Juan Carlos Tontiniu.

Os movimentos citados na decisão são: Central Única dos Trabalhadores (CUT), Partido dos Trabalhadores (PT-PR), Movimento Curitiba contra Corrupção, Movimento Brasil Livre (MBL) e o Movimento UFPR Livre. Segundo a prefeitura de Curitiba, cerca de 500 pessoas, favoráveis ou contrárias a Lula, estão acampadas no entorno do prédio da PF “causando transtornos e a precarização na prestação dos serviços públicos aos moradores pelo bloqueio às ruas”.
Uma representante do MST no acampamento disse ao Nocaute que os movimentos sociais irão resistir à decisão e se manter no local, e que o PT e a CUT estão em reunião para resolver a questão do pagamento da multa.
No despacho, o juiz diz que a medida visa a evitar o uso da força policial e dissuadir os réus que descumpriram a liminar concedida semana passada pela Justiça à prefeitura de Curitiba. A liminar proíbe os manifestantes de transitar nas áreas determinadas, impedir o trânsito de pessoas e montar estruturas e acampamentos nas ruas e praças da cidade.
Ontem (13), a prefeitura pediu à Justiça que o ex-presidente Lula seja transferido para outro local, devido a problemas de segurança e reclamações dos residentes do Bairro Santa Cândida. O Sindicato dos Delegados da Polícia Federal também solicitou a transferência de Lula para outro local com mais condições de segurança para a população e servidores.

Notícias relacionadas

  1. Wanderley Vieira says:

    Decisão judicial deve ser cumprida, mas como o chefão é um fora da lei e não a cumpre, esses bando de vagabundos que lá estão devem fazer o mesmo, não cumpindo amdecisao da justiça. O povo devia se reunir e expulsar esses vagabundos de lá, por pra correr essa corja que mama nas tetas dessa nação com as ‘bolsas parasitas’. Coloquem logo esses lixos para correr!

  2. Sergio Domingos Vieira says:

    Isso demonstra o fascismo dessa justiça – com j minúsculo – que persegue os movimentos sociais e estão fazendo o absurdo de perseguir Lula até preso. Tem que haver desobediência civil.

  3. Sou totalmente a favor que Lula passe algum tempo em diversas capitais dp país, em rodízio, que é para dar chance de todo mundo que quiser poder visitar e prestar seu apoio. Nem todos conseguimos ir a Curitiba.

  4. Foi severamente desmobilizadora a decisão dos dirigentes do PT de capitularem diante de mais uma arbitrariedade do sistema judicial da República de Curitiba, que segundo Gilmar Mendes tem até uma constituição que está acima da CF. O Presidente Lula não merecia uma decisão pusilânime desta natureza vinda dos dirigentes de seu próprio partido que parece acreditarem que “as instituições estão funcionando”. Esta é a segunda oportunidade que tivemos de nos rebelar contra o regime golpista, depois de S.Bernardo e nem sabemos se haverá uma terceira.

Deixe uma resposta