Gabriel O Pensador – Tô Feliz (Matei o Presidente) II

Nova música de Gabriel O Pensador, em parceria com Papatinho, faz protesto contra o governo do presidente golpista Michel Temer.

Na letra de Tô Feliz (Matei o Presidente) de 1992, O Pensador comemorava o assassinato do então presidente do Brasil, Fernando Collor de Mello. A releitura, que se inspira em seu primeiro hit totalmente independente, foi criada após a avalanche de escândalos que cerca o desgoverno de Michel Temer.

 

De acordo com UOL, Gabriel O Pensador diz que o despertar desta vontade veio com o decreto de extinção da Renca.

 

“Decidi abordar a corrupção e o descaso mais uma vez, usando um tom mais revoltado, porém fechando com um discurso mais sensato no fim, saindo da fantasia cinematográfica da morte literal dos maus políticos e corruptos para falar de uma morte ideal, que seria a morte da corrupção e dessa política podre que temos há tanto tempo”, explicou o rapper.

 

O rap Tô Feliz (Matei o Presidente) 2 chegou em todas as plataformas digitais acompanhado de um clipe com cenas gravadas em vários estados do Brasil. A direção é de PH Stelzer.

Capa do CD de 1993

2 Comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

João Luiz

24/10/2017 - 22h49

Bandido bom é bandido morto.

Responder

erno

22/10/2017 - 19h11

Acho que estimular assassinato não é uma forma de protesto válida para qualquer oposição. Esse cara é padrão global de cultura.

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas