Brasil

Oposição anuncia obstrução na Câmara até país recuperar “normalidade democrática”

Após reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a oposição anunciou que fará obstrução “geral e irrestrita” na Casa durante quarta e quinta-feira desta semana. Devem aderir à obstrução as bancadas do PT, PSOL, PCdoB, PDT e PSB.
“Não queremos que a Casa defenda Lula, mas que defenda as garantias institucionais. Não é trivial que 11 governadores tenham sido barrados ao tentar visitar Lula em Curitiba”, disse o deputado José Guimarães (PT), líder da oposição na Câmara.
Para o deputado Paulo Pimenta, líder da bancada do PT na Casa, “não é possível que possa ser naturalizada a situação política que o Brasil vive hoje. Insistimos que a situação de Lula é irregular, ilegal, não só pela condenação sem provas e sem crime, mas por ter sido determinada a prisão sem respeitar o que diz a Constituição e ignorando o fato de que existiam prazos para recursos no âmbito do TRF-4”.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta