Pelo Twitter, Trump pede pena de morte para autor de atentado em NY

Presidente dos EUA também anunciou o fim de um programa de loteria de vistos para imigrantes

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nesta quarta-feira pelo Twitter que o autor do atentado de Nova York, que deixou oito mortos, seja condenado à pena de morte.“O terrorista de Nova York pediu alegremente uma bandeira do EI (Estado Islâmico) para pendurá-la no seu quarto de hospital. Ele matou oito pessoas e feriu 12. DEVERIA TER PENA DE MORTE!”.

No Estado de Nova York, a maior pena prevista por lei é a prisão perpétua.

Na terça-feira, Sayfullo Saipov invadiu uma ciclovia de Nova York com uma caminhonete. O Estado Islâmico assumiu autoria do atentado. Saipov é do Uzbequistão e obteve residência nos EUA graças a uma loteria de vistos. Apenas 24 horas depois da tragédia, Trump fez críticas ao modelo de imigração e anunciou o fim desse sistema. Afirmou também que considera enviar Saipov à prisão de Guantánamo.

“O terrorista chegou ao nosso país por meio do que é chamado de ‘Programa Loteria de Vistos de Diversidade’, um presente de Chuck Schumer”, escreveu Trump sobre o programa iniciado em 1995 que, de acordo com o Departamento de Estado, emite cerca de 55.000 vistos por anos destinados a cidadãos de países sem tradição de enviar imigrantes aos Estados Unidos.

Nenhum Comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta

Recomendadas