Parlamento da Alemanha aprova casamento gay

Lei foi aprovada por 393 deputados e concede direitos matrimoniais completos a casais homossexuais, incluindo o da adoção

A Alemanha pode se tornar o vigésimo país do mundo a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, se a Câmara Alta do Parlamento ratificar o projeto de lei aprovado nesta sexta-feira (30/6) pelos deputados.

A expectativa é que a lei entre em vigor ainda em 2017. Permitirá também que casais homossexuais possam também adotar.

O projeto foi aprovado por 393 deputados dos partidos social-democratas, Verde e esquerda radical, e também por alguns deputados conservadores. Houve quatro abstenções. A chanceler Angela Merkel votou contra, mas autorizou os membros da bancada de seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU), a votar de acordo com suas convicções.

“Espero que a votação de hoje não apenas promova respeito entre as diferentes opiniões, mas também traga mais coesão social e paz”, disse a chefe de governo, citada pela Reuters.

Merkel tentará o quarto mandato na eleição nacional no dia 24 de setembro. Além de chanceler, ela é líder do CDU desde 2000.

Nenhum Comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta

Recomendadas