Listando 394 matéria(s) da categoria

Mundo

Deportação do físico Adlène Hicheur expôs a fragilidade da democracia do governo Temer

Roberto Leher, reitor da UFRJ: para mostrar que tinha compromissos com a guerra ao terrorismo, o governo Temer deportou um professor que não tem nenhum registro que pudesse desabonar a sua permanência no Brasil . Foi um ato de violência, destroçou a vida de um pesquisador.

Das próximas eleições pode nascer uma França insubmissa?

Hoje começamos com a história retirada de um livro, um livro especial porque é um livro político, que se chama “L´Avenir en Commun”, “O Futuro em Comum”, que é o livro-programa da campanha ”La France Insoumise” [“A França Insubmissa”], liderada por Jean-Luc Mélenchon.

Colômbia: enquanto o Congresso discute os Acordos de Paz, dezenas de ativistas são assassinados

"Sabemos que isso é uma estratégia paramilitar para frear os avanços de paz. Assim, exigimos do governo uma verdadeira investigação, porque a única coisa que buscamos é uma paz com justiça social." Afirma a jornalista Adriana Ramírez, por Aline Piva

Leslie Salgado: com Temer e seu chanceler qual será o destino dos BRICS?

A grande pergunta é: qual o impacto que terá a atual política exterior do Brasil para o futuro do grupo. China e Rússia, continuarão investindo no seu desenvolvimento?

Movimentos sociais da ALBA se reúnem na Colômbia

O tema da Segunda Assembleia Continental dos movimentos sociais para a ALBA (Alternativa Bolivariana para os Povos de Nossa América) foi “Pela paz e a soberania popular em nossa América”. O encontro aconteceu entre os dias 01 e 04 dezembro em Silvania. Por Aline Piva

A boa notícia do novo mundo que nasce do Velho Mundo se chama Melénchon

A surpresa na esquerda vem da candidatura e da campanha de Jean-Luc Mélenchon, que hoje está posicionado em primeiro lugar para ganhar o voto e a mobilização dos setores da esquerda, dos setores mais populares e dos movimentos sociais.

Del Roio: referendo italiano é um golpe duro contra a neoliberal União Europeia

O momento é grave para a Europa. Concretamente a Europa perde terreno, perde espaço, sobretudo, para a Rússia, a China e para a Ásia em geral.

O adeus ao Comandante

Horas depois do sepultamento das cinzas do Comandante Fidel Castro, Raúl Castro recebe grupo de latino-americanos que viajaram a Cuba para as despedidas de Fidel.

Escola Nacional Florestan Fernandes: o valor da solidariedade

Nós dizemos que a ENFF se constrói a partir do valor da solidariedade e na construção de projetos de emancipação dos povos do mundo. Por Clarissa Carvalhaes, enviada especial a Guararema

Hasta la vitoria siempre Comandante!

Ex-presidente Lula, presidenta eleita Dilma e o escritor Fernando Morais chegam a Cuba para última homenagem a Fidel Castro.

Quarenta anos com Fidel. Fragmentos de lembranças.

Durante quarenta anos o editor de Nocaute esteve dezenas de vezes em Cuba, como jornalista, escritor e ativista político. Nesse período aproximou-se do principal líder da Revolução Cubana, Fidel Castro. Neste texto especial para o blog, Morais relembra alguns dos momentos de seu convívio com Fidel, falecido na última sexta-feira, aos noventa anos.

Morte de Fidel: imprensa brasileira, mais uma vez, demonstra sua profunda desinformação

Há dignidade em Cuba? Sim! Fidel e o povo cubano souberam enfrentar furacões, ventos, marés feias. Fidel foi se embora, o exemplo dele fica, a Revolução fica. Vai sofrer mudanças? Vai. Vai mudar o essencial? Não!

As marcas de Fidel na África

Não é possível escrever a história da África sem mencionar a contribuição de Fidel. Foi um amigo da África, não só pela contribuição política mas também pela recente batalha contra o Ebola e a intervenção de médicos cubanos em inúmeros países da África. Por Leslie Salgado

Colômbia – os Acordos de Paz vão integrar novos atores na vida política nacional: os movimentos sociais

Manifestantes a favor e contra a ratificação dos acordos de paz firmados entre o presidente Juan Manuel Santos e as FARC-EP se reúnem nesse momento na Plaza Bolívar

Fabio Kerche: quem foram os grandes derrotados nas eleições americanas

Hillary Clinton se mostrou uma candidata pesada, que não empolgou, com um telhado de vidro enorme, cheia de denúncias, mal entendidos, ou seja, a Hillary se revelou uma candidata ruim.