Leon quem? A juventude russa e os cem anos da Revolução.

No centenário da Revolução Russa, Nocaute entrevista jovens em Moscou sobre o evento histórico e seus principais líderes

Por Pedro Rocha Pannunzio

Hoje, dia 7 de novembro, a Revolução Russa completa cem anos, e o Nocaute está nas ruas de Moscou para conversar com os jovens. A gente quer saber o que eles pensam sobre as principais figuras do movimento, Vladimir Lênin, Leon Trotsky e Joseph Stalin, o que acham do capitalismo, do socialismo, e também o que esperam do futuro – em que tipo de sociedade querem viver daqui para frente.

As respostas dos entrevistados são surpreendentes. A maior parte diz não ter muito conhecimento sobre a revolução que transformou o império russo dos czares na primeira nação socialista da história. O desconhecimento chama especial atenção quando o assunto é Trotsky – praticamente nenhum entrevistado soube opinar a respeito do líder histórico.

 

 

3 Comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

João Z

11/11/2017 - 22h47

claro… Traidor tem q ser apagado da história!

Responder

H Menon Jr.

08/11/2017 - 13h36

Nenhuma novidade em relação à Trotsky… A partir da Ascensão de Stalin ele foi considerado oficialmente traidor da Pátria e teve seu nome banido da história oficial da Rússia. Para as últimas gerações de russos é um ilustre desconhecido. Algo lamentável…

Responder

Cristina Silveira

08/11/2017 - 00h44

Muito interessante! O legado da revolução e a geração virtual. Excelente!

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas