Listando 52 matéria(s) da categoria

Comportamento

A construção do Pobre de Direita

O que leva um trabalhador a atacar outro trabalhador por causa de uma manifestação a favor dos direitos dos trabalhadores? Essa é uma pergunta que eu faço bastante.

Foi golpe? Foi. A misoginia impactou? Impactou. A mídia apoiou? Apoiou.

Tem livro importante na praça. Trata-se de “Mídia, Misoginia e Golpe”, organizado por Elen Cristina Geraldes, Tânia Regina Oliveira Ramos, Juliano Domingues da Silva, Liliane Maria Macedo Machado e Vanessa Negrini.

A quem interessa o desmonte da Cultura

A quem interessa esse desmonte? Interessa a quem quer que você fique na frente da televisão ouvindo esse monte de pós verdade. Interessa a quem quer que você consuma apenas cultura de massa e cultura de massa não é arte.

Recordações do revolucionário Álvaro Lins, cidadão exemplar.

Encontrei pela primeira vez Álvaro Lins em São Paulo, em 1960. Tinha-lhe escrito quando ele era embaixador em Lisboa e concedera asilo ao general Humberto Delgado.

O Poder das Redes Sociais

Ou o Postiço é muito burro ou ele é muito mal assessorado ou ele é muito maldoso. Ou as três coisas: ele é burro, mal assessorado e maldoso. Ele não leva em conta que a gente está num momento de redes sociais. Então pra ele parece que se a Globo não divulgar, ninguém vai ficar sabendo.

Feliz dia da Mulher

Feliz dia de assistir uma palestra sobre protagonismo feminino dada por um homem. Feliz dia de ver uma exposição sobre mulheres do mundo, feita por um fotógrafo homem. Feliz dia de receber desconto na livraria, mas só pra livros femininos como autoajuda, culinária. Matemática, não. Direito, não.

Mais outra coisinha só, sobre o capitalismo.

Capitalismo é o Midas que encosta em tudo e transforma em mercadoria. Qualquer tipo de subversão dele ele transforma na versão dele.

Teixeira Gomes e o envelhecimento

A leitura da biografia de Teixeira Gomes, presidente de Portugal de 1923 a 1925, leva o jornalista, escritor e dirigente comunista português Miguel Urbano Rodrigues a refletir sobre a vida, o amor e a velhice.

Nocaute e Momo – I

O carnaval de rua, emparedado entre o poder público e os patrocinadores. O historiador, professor e escritor Luis Antonio Simas fala sobre as mudanças no carnaval de rua diante das pressões do mercado. Imagens e entrevista: José Eduardo Pachá.

Nocaute e Momo – II

O ziguezague dos enredos das escolas, da esquerda à direita. Depende de quem manda. O professor e jornalista especializado em carnaval, Anderson Baltar, fala das tradições das escolas de samba e sua ligação com a política. Imagens e entrevista: José Eduardo Pachá.

Só mais uma coisinha sobre o capitalismo.

Tem um pânico que se instaura dentro da estrutura do nosso pensamento capitalista que é quando a gente fala de acesso livre e democrático a todos. O primeiro pânico que vem é: nossa mas se todo mundo tiver tudo o que vai acontecer?

O Capitalismo não é pessoal.

O capitalismo não é uma questão pessoal. Parem de propor saídas individuais pro capitalismo porque não resolve nada. Porque as soluções individuais como trabalhar por conta própria, não te tira do sistema explorador que é o capitalismo.

Pastor Ariovaldo: se ainda houver decência, é imperativo que o Impeachment seja anulado.

Outra coisa, se houver eleições, não precisaremos de, apenas, um novo presidente, precisaremos de um líder nacional, com capacidade de convocar e emular a nação a se reinventar… Conhece alguém? Então, é ele lá!

Riqueza no lombo de quem

A principal defesa que eu percebo no capitalismo que é trágica, é a defesa do empresário como gerador de riqueza. Porque quem gera riqueza é o trabalhador. Empresário não existe sem trabalhador.

BocaLivre: tradição e modernidade se encontram nas ruas da Mooca.

Depois de visitar a Di Cunto, um polo que representa a melhor tradição culinária da Mooca, entramos no Hospedaria, polo da modernidade e a cara da nova Mooca. Por Carlos Alberto Dória