Prefeito tucano impede show de Caetano em ocupação do MTST em São Bernardo

Em apoio às mais de 7 mil famílias que lutam por moradia em São Bernardo do Campo, Caetano Veloso faria show gratuito nessa segunda-feira (30). Veja a entrevista do Nocaute com Guilherme Boulos, coordenador do MTST e Marcelo Freixo (PSOL/RJ).

A mando do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), a Guarda Civil Municipal impediu a entrada de equipamentos para o show do Caetano Veloso na ocupação do MTST.

Em apoio às mais de 7 mil famílias que lutam por moradia, o artista faria um show gratuito nessa segunda-feira (30), a partir das 19h.

A Justiça de São Paulo aceitou pedido do Ministério Público para impedir o evento e determinou multa de R$ 500 mil caso apresentação ocorra no local.

 

Assista à entrevista do Nocaute com Guilherme Boulos e Marcelo Freixo:

 

Veja também:

O ex-presidente Lula visitou o local na semana passada.

A ocupação do MTST vista de dentro

A área ocupada tem 70 mil metros quadrados, e pertence à construtora MZM. No momento, o MTST e a Frente Povo Sem Medo estão enfrentando uma integração de posse, suspensa até a realização de uma audiência de conciliação.

Um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

carlos martins

31/10/2017 - 18h20

qual a alegação para a proibição?

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas