PF encontra malas de dinheiro que seriam de Geddel Vieira Lima

Segundo a investigação, o apartamento era utilizado pelo ex-ministro de Temer para armazenar dinheiro em espécie. Geddel foi preso no dia 3 de julho, mas conseguiu um habeas corpus para cumprir prisão domiciliar em casa, na capital baiana.

Foto: Divulgação

A Polícia Federal encontrou nesta terça-feira (5) um “bunker” com diversas caixas e malas com dinheiro em espécie que, segundo a investigação, seria usado por Geddel Vieira Lima, ex-ministro de Michel Temer.

A operação, nomeada de Tesouro Perdido, foi autorizada pela 10ª Vara Federal de Brasilia. Segundo reportagem do jornal El País, foram recolhidas ao menos nove malas e oito caixas lotadas de notas de 100 e 50 reais. O valor ainda não foi contabilizado pelos policiais. A montanha de dinheiro teria enchido ao menos dois porta-malas de caminhonetes.

Leia também:
Você sabe onde estão os R$ 35 mil que sumiram da mala de R$ 500 mil do deputado Loures? Viraram cocô.

Os valores apreendidos serão transportados a um banco onde será contabilizado e depositado em conta judicial.

Segundo a PF, após as últimas fases da Operação Cui Bono, foi possível chegar a um endereço, em Salvador, que seria utilizado para armazenagem de dinheiro.

Geddel foi preso no dia 3 de julho, mas conseguiu um habeas corpus para cumprir prisão domiciliar em casa, na capital baiana.

Filiado ao PMDB, é um dos principais aliados do presidente Michel Temer, de quem foi ministro. Durante o governo Lula, Geddel foi ministro da Integração Nacional e, na gestão Dilma Rousseff, foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa.

A Justiça Federal em Brasília aceitou, no final de agosto, denúncia da Procuradoria da República no Distrito Federal e transformou em réu o ex-ministro Geddel Vieira Lima por obstrução de justiça. Ele teria atuado para evitar a delação premiada do corretor Lúcio Funaro, que poderia implicá-lo em desvios no FI-FGTS, o fundo de investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Nenhum Comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta

Recomendadas