Pastor Ariovaldo Ramos: prisões em segunda instância, invasões sem mandado judicial, entrega do Pré-Sal. Que semana!

“A cada dia o golpe assume proporções cada vez mais dantescas. E cada vez mais nos damos conta da excepcionalidade do Estado, isto é, estamos em regime de exceção.”

 

O STF libera a possibilidade de prisão para réu condenado ainda em segunda instância. Também o STF libera a invasão domiciliar sem mandado em casos excepcionais. E quem decidirá a excepcionalidade é a própria polícia.

A Câmara Federal acaba de aprovar a possibilidade de empresas estrangeiras explorarem o pré-sal. Estamos entregando nosso maior patrimônio. Perdendo a hegemonia sobre a exploração do que temos de mais precioso para investir no futuro, principalmente na educação.

 

A comissão que analisava a PEC 241 decidiu por encaminhá-la ao plenário para votação. A PEC 241 é a que limita os gastos do governo por 20 anos, contando certamente com o congelamento do tempo, ou o congelamento do Brasil no tempo. Como se em 20 anos nada de efetivo, de importante pudesse acontecer que viesse a exigir maior intervenção do Estado. Esta PEC é na prática o desmonte de todo o estado social. Todos os investimentos estão travados. O que será da Saúde? E dos demais benefícios?

A cada dia o golpe assume proporções cada vez mais dantescas. E cada vez mais nos damos conta da excepcionalidade do Estado, isto é, estamos em regime de exceção.

 

A lei é relativizada, os ritos atropelados e o Estado sendo diminuído a olhos vistos, em detrimento dos pobres e dos trabalhadores. E toda a lógica da exigibilidade do Direito está agora posta à prova. E parece que a gente está anestesiado porque não se vê uma reação à altura do golpe. Tão contundente que ele é.

Um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Rose Marie

16/10/2016 - 14h49

Será que o Moro já assistiu o vídeo do pastor Ariovaldo Ramos?

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas