“O problema deste país não é Lula, é o golpe”, diz ex-presidente

Ao lado de Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e Carlos Zarattini, Lula participou de manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, em defesa dos direitos e da democracia

Na manifestação da Avenida Paulista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou, afirmando que aprendeu a lutar de cabeça erguida e que o problema do Brasil não é ele, mas sim o golpe. ”O problema deste país não é o Lula, é o golpe. É o presidente que eles colocaram no lugar da Dilma sem que tivessem tido eleições”.

Desde que foi anunciada a condenação em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, Lula argumenta que o objetivo do processo é impedir sua candidatura em 2018 e enfraquecer sua imagem. Só assim estaria consolidado o golpe que tirou a presidente eleita Dilma Rousseff do governo em 2016.

A quinta-feira (20) foi dia de jornada nacional em defesa de Lula e de eleições diretas. “É o primeiro ato e vão ter outros pelo Brasil afora. Nós vamos conquistar eleições diretas para que o povo brasileiro conquiste a democracia”, disse o ex-presidente.

O destaque foi em São Paulo, onde o protesto encheu a Avenida Paulista. Segundo o Partido dos Trabalhadores, participaram 20 mil pessoas, entre militantes do PT e de outros partidos, além de movimentos sociais. Estava também a senadora e presidente do partido, Gleisi Hoffmann, o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), e o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ).

Com seus bens bloqueados na quarta-feira, Lula desafiou o Ministério Público e a Polícia Federal a apresentarem uma única prova contra ele.

“Eu gostaria, se o MP, a Lava-Jato, a Polícia Federal, se o Moro, tiver uma denúncia, uma prova, de que o Lula recebeu 5 centavos, por favor me desmoralizem, vá com o processo e me prendam se eu fizer alguma coisa ilegal. O que não podem é para tentar me prejudicar, destruir esse país, acabar com a Petrobras, com a Caixa, com milhões de empregos, para tentar prejudicar o Lula”.

A pedido de Sérgio Moro, o Banco do Brasil bloqueou também mais de R$ 9 milhões em planos de previdência em nome de Lula.

Em ofício enviado ao juiz, o Banco do Brasil informou que foram bloqueados os saldos de dois planos de previdência. Um empresarial, em nome da empresa LILS Palestras Eventos e publicações, que tem Lula como beneficiário, e um individual, em nome do ex-presidente. Do primeiro, foram bloqueados R$ 7.190,963,75 e, no segundo, R$ 1.848.331,34.

Marco Aurélio Garcia

No discurso, Lula homenageou Marco Aurélio Garcia, assessor especial para assuntos internacionais de seu governo, que morreu na quinta-feira. “Hoje é um dia triste porque morreu o nosso companheiro Marco Aurélio Garcia, companheiro da direção do PT e que me acompanhou pelo mundo afora nestes 30 anos”, lamentou.

Leia também:
Zé Dirceu: “Choro a morte de Marco Aurélio, mas canto sua vida de luta, sonhos e exemplos”
Morre em São Paulo Marco Aurélio Garcia

5 Comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Letícia martelle

21/07/2017 - 16h12

Esse país não precisa de Lula.
Políticos como Lula, precisam ser expurgados da vida pública.
Esse maldito sindicalista já nos causou muito prejuízo.
Maldito sindicalista maléfico e corrupto.

Responder

José Eduardo Garcia de Souza

21/07/2017 - 14h23

Desculpem, mas o tal “ato” na Paulista foi um fracasso de proporções retumbantes. Nem encheu um quarteirão inteiro, e ainda mais teve Gleisi “Barraco é Comigo” Hoffmann e Lindbergh “China de Pinochet” Farias dizendo besteiras a não mais poder. Lamentável e indicativo do estado do prestígio de Lula e do PT junto à população.

Responder

JACÓ

21/07/2017 - 13h09

Obama, Bill Clinton, Nobe Da Paz todos AMAM LULA e o BRASIL EM GERAL 200.000.000de BRASILEIROS de verdade não os idiotas INVEJOSOS.

Responder

alan silva

21/07/2017 - 11h01

Vejam as vozes internacionais que defendem Lula: Nicolás Maduro, Raul Castro, Evo Morales……o lixo da política latinoamericana. kkkkk

Responder

Giordano

21/07/2017 - 10h39

Quem não tem razão caça com moro.

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas