Diretas já: manifestação reúne 150 mil no RJ

No Rio, artistas, parlamentares, sindicalistas, movimentos sociais e militantes independentes prometem manter agenda de protestos contra Temer

Pelo menos 150 mil pessoas foram à manifestação contra o presidente Michel Temer e a favor de eleição direta que aconteceu neste domingo (28/5), em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O ato durou o dia todo e teve shows de Caetano Veloso, Mano Brown, Milton Nascimento, Mart’nália, Teresa Cristina, Cordão da Bola Preta, Criolo, Otto, Mano Brown, Maria Gadú e BNegão, entre outros.

Participaram também atores como Gregorio Duvivier, Daniel Oliveira, Sophie Charlote, Humberto Carrão e Osmar Prado.

Presente no protesto, o ator Wagner Moura discursou: “A gente que lutou conta o golpe e que foi contra o golpe do ano passado estamos aqui para o segundo round dessa luta. Não é possível que Temer siga presidente”.

Guilherme Boulos, dirigente do MTST e da Frente Povo sem Medo, afirmou que este evento marca o início importante de um grande movimento nacional capaz de devolver a soberania ao povo brasileiro.

“Não tem condição alguma de Temer continuar no comando do país, agora, como sempre, os abutres começam a se movimentar por uma transição por cima, que seriam as indiretas. Precisamos dizer que eleição indireta não é admissível. O Brasil não quer presidente biônico de novo!”.

2 Comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Antero Luiz

30/05/2017 - 01h10

O povo na rua assusta os fascistas que tem horror a gente. Dizem sandices e não sabem sequer somar. Fomos 150 mil em Copacana pedindo o simples
Diretas

Responder

Paulo

29/05/2017 - 09h25

O. Brasil não quer eleição direta agora , e quanto a manifestação de Copacabana isso é mentira , não deu nem 1000 pessoas , pq eu moro lá e vi , seu pena , aí vem vcs fazem uma montagem e querem enfiar garganta a dentro do povo carioca , me poupe , o povo cansou de vcs comunistas que só destruíram este país , uma esquerda desgraçada , vcs não enganam mas ninguém , fora vcs do meu país , o temer fica até 2018 e Bolsonaro e o próximo presidente quer vcs ou não.

Responder

Deixe uma resposta

Recomendadas