Costa Rica vai às urnas para escolher seu novo presidente

Debate sobre casamento homossexual é a marca da corrida eleitoral no país.

A Costa Rica vai às urnas neste domingo para escolher seu presidente em uma eleição marcada pelo conservadorismo entorno do casamento gay.

Segundo as pesquisas, o candidato favorito é o pastor evangélico Fabricio Alvarado, de 43 anos, do Partido da Restauração Nacional. Em dezembro, ele tinha apenas 3% das intenções de voto. Porém, os eventos mudaram no dia 9 de janeiro, quando a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), localizada em San José, emitiu uma sentença que obriga o país a aceitar a união entre pessoas do mesmo sexo.

 

Após a sentença, o pastor Alvarado anunciou que retirará a Costa Rica do tribunal, caso eleito, e disparou nas pesquisas, chegando à liderança de 17% das intenções de voto.

 

Em segundo lugar, tecnicamente empatados, estão o ex-deputado e empresário Antonio Alvarez (59), do Partido Libertação Nacional (PLN), o mais tradicional do país, seguido pelo ex-ministro Carlos Alvarado (38), do governista Partido Ação Cidadã (PAC).

 

Como nenhum candidato deve ter maioria dos votos, a disputa seguirá para o segundo turno, em 1º de abril.

Nenhum Comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do NOCAUTE. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta

Recomendadas